ANS afirma que ressarcimento ao SUS aumentou

Agência divulgou nota em resposta à reportagem da Folha

Compartilhar artigo

O jornal Folha de S.Paulo publicou, no dia 9/2, reportagem afirmando que o governo deixa de receber quantia bilionária dos planos privados.

Segundo o jornal, uma lei aprovada em 1998 obriga a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)  a cobrar pelos procedimentos em hospitais públicos, mas apenas atentimendos simples são exigidos

"A prática gera um rombo no SUS. Em 2014, a cobrança gerou cerca de R$ 400 milhões. Mas, segundo estimativas, o SUS poderia faturar algo em torno de R$ 2 bilhões, caso todas as intervenções fossem pagas. Em 2012, o Tribunal de Contas da União (TCU) pressionou a ANS e fixou um prazo de 180 dias para que os procedimentos fossem ressarcidos. Alegando falta de funcionários e dificuldades técnicas, a agência conseguiu adiar na justiça o início da cobrança para julho de 2015.", publicou o veículo. Para ler a reportagem completa, clique aqui.
 

A ANS respondeu ao jornal através de nota oficial, na qual afirmou que "o ressarcimento ao SUS é cobrado pela ANS e o volume arrecadado aumentou 82% em 2014 em relação a 2013. Só no ano passado, foram ressarcidos R$ 335,74 milhões. Nos últimos quatro anos, (2011 a novembro de 2014), o valor do ressarcimento chegou a R$ 673,66 milhões".
 
Segundo o comunicado terá início ainda esse ano a cobrança das Autorizações para Procedimentos de Alta Complexidade (APAC), da mesma forma que são cobradas as Autorizações de Internação Hospitalar (AIH).
 

Para ler a resposta da ANS clique aqui.

Artigos Relacionados...

Curta nossa página

Siga nas mídias sociais

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

plugins premium WordPress
Rolar para cima