Carga tributária elevada afeta o setor da saúde

Os dados são alarmantes: e

Compartilhar artigo

Os dados são alarmantes: empresas nacionais gastam mais de R$ 65 bilhões por ano só para calcular e pagar impostos, sendo afetadas com a burocracia e carga tributária elevada.

Com a aprovação da reforma da Previdência, o Congresso Nacional já começa a debater propostas para a reforma tributária. O principal objetivo do governo e dos parlamentares com as propostas que estão sendo discutidas, de acordo com o que foi divulgado até o momento, é o de simplificar o atual cipoal legislativo que rege os 63 tributos existentes no país, entre impostos taxas e contribuições, além das 97 obrigações acessórias.

A Revista FEHOESP divulgou recentemente uma matéria que aborda esse assunto, apresentando dados e opiniões de especialistas sobre como o atual sistema tributário brasileiro abocanha a saúde, comprometendo o papel social que esse setor deveria desempenhar no país.

 

Acesse a matéria na íntegra.

Artigos Relacionados...

Últimas Notícias

Francisco Balestrin assume presidência da Fehoesp

O presidente do SindHosp, Francisco Balestrin, tomou posse, no dia 1º de março, como presidente da Federação dos Hospitais, Clínicas, Laboratórios e Estabelecimentos de Saúde do Estado de São Paulo

Curta nossa página

Siga nas mídias sociais

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

Scroll to Top