Combate à corrupção na Saúde: SindHosp, Instituto Ética Saúde e 28 entidades se unem para mobilização

Sem mãos sujas na Saúde. Aqueles que militam no setor devem ter a consciência das consequências éticas de suas decisões.

Compartilhar artigo

Profissionais, pacientes e cidadãos são convidados pelo SindHosp, Instituto Ética Saúde (IES) e 28 entidades para apoiar ações de prevenção e combate à corrupção na Saúde.

 

Nessa quinta-feira (09/12), é celebrado o Dia Internacional Contra A Corrupção. O SindHosp reflete nessa rede de apoio com as entidades a necessidade de difundir e consolidar a cultura ética e transparente na Saúde, garantindo a sustentabilidade do setor e a segurança do paciente.

 

Aqueles que militam no setor da saúde devem ter a consciência das consequências éticas de suas decisões, como analisa o presidente do Sindhosp, Francisco Balestrin.

 

“Para os gestores, contudo, o desafio é ainda maior. Não basta que eles, pessoalmente, tenham posturas éticas e considerem as dimensões éticas de suas ações: cabe também a eles construir uma infraestrutura ética para as organizações sob o seu comando. Isto significa que, além de liderar pelo exemplo, devem criar canais de comunicação e denúncia, impor ferramentas de verificação obrigatória em processos sensíveis e criar ambientes de trabalho que facilitem o exercício da ética”, afirma Balestrin.

 

Além da estrutura de governança corporativa, Balestrin defende que os hospitais devem ainda cuidar da ética na governança clínica. “De fato, práticas administrativas e assistenciais devem estar integradas em um conjunto harmônico e indissociável – uma governança integrativa”, reforça.

Artigos Relacionados...

Curta nossa página

Siga nas mídias sociais

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

plugins premium WordPress
Scroll to Top