Convênios de isenção de ICMS são prorrogados

Decisão foi tomada em reunião plenária do CONFAZ em 12 de março

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Reunião plenária do CONFAZ (Conselho Nacional de Política Fazendária) de 12 de março decidiu pela prorrogação, até 31/03/22, de vários convênios de isenção de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). A decisão consta do Despacho nº 11, de 12/03/21.  Abaixo, o SindHosp relaciona os que afetam o setor da Saúde:

 

– Convênio 01/99: Concede isenção do ICMS às operações com equipamentos e insumos destinados à prestação de serviços de saúde.

– Convênio 140/2001: Concede isenção do ICMS nas operações com medicamentos.

Convênio 05/98: Autoriza os Estados que menciona a conceder isenção na importação de equipamento médico-hospitalar.

– Convênio 73/2010: Concede isenção do ICMS nas operações com medicamento destinado ao tratamento dos portadores de Gripe A (H1N1).

 

Com esta postergação, o SindHosp dá prosseguimento a suas ações de buscar a revogação do aumento do ICMS no Estado de São Paulo, que foi objeto dos Decretos 65.244/2020 e 65.245/2020. O foco do Sindicato, no momento, está no apoio ao Projeto de Lei (PL) nº 82/2021, que tramita na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) e objetiva revogar o art. 22 da Lei 17.293/2020, desta forma tornando sem efeito os decretos acima citados.

 

Outras postagens

Rolar para cima