Diretora do SINDHOSP e da FEHOESP palestra no 67º CBen

Tema foi home care como visão de futuro na assistência domiciliar

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Profissionais e estudantes da saúde se reuniram na semana de 27 a 30 de outubro, no Centro de Convenções Anhembi, para discutir “Para onde caminha a enfermagem brasileira?”. O assunto esteve em pauta no 67º Congresso Brasileiro de Enfermagem (CBEn) e no 4º Colóquio Latino-americano de História da Enfermagem (CLAHEn). A diretora do SINDHOSP e da FEHOESP, Luiza Dal Ben, participou do evento palestrando sobre “home care: uma visão do futuro na assistência domiciliar”.  
 
“O envelhecimento da população fará com que o home care cresça cada vez mais no Brasil”, afirmou. “A qualidade da assistência está nas mãos do enfermeiro, portanto, queremos perpetuar a busca de dados sobre a saúde do paciente e não somente sobre sua doença, pois somente assim vamos trabalhar a humanização, conceito fundamental da nossa modalidade”.
 
Para Luiza, a desospitalização traz benefícios como maior conforto para o usuário e sua família, minimização de intercorrências clínicas e autonomia através da capacitação de familiares, cuidadores e o próprio usuário para o cuidado dentro de seu próprio ambiente. Para o hospital, a disponibilização de leitos para os usuários que realmente necessitam de internação hospitalar é apenas um dos pontos de destaque. 
 
“O paciente fará um menor uso de exames e medicamentos de forma desnecessária, poderemos aumentar os leitos de retaguarda às urgências e emergências e assim otimizar recursos. É importante ter pacientes sendo transferidos para seus domicílios para a sobrevivência do setor de saúde e para uma melhor qualidade de recuperação e cuidados dos pacientes. Para isso, precisamos ser empreendedores”, finalizou.
 

Outras postagens

Rolar para cima