SindHosp firma importantes Convenções Coletivas. Confira!

Condutores de ambulâncias e trabalhadores da Saúde em geral estão entre as categorias

Compartilhe este conteúdo

Na última semana o Sindhosp firmou Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) com variados segmentos de trabalhadores do setor da saúde. A primeira com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Campinas e Região para vigorar a partir de 1º de junho de 2020 a 31 de maio de 2021, somente para as Instituições de Longa Permanência (ILPI’s), incluindo as casas de repouso.   

Entre os itens pactuados "fica estabelecido o reajuste salarial total correspondente a 1% (um por cento), a ser aplicado sobre os salários de novembro de 2019, até o valor de R$ 6.101,06, para pagamento a partir da folha de salários do mês de setembro de 2020. Para os empregados que ganham acima de R$ 6.101,06, o critério será o da livre negociação entre empregado e empregador". A outra, geral, com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Campinas e Região, também com validade até 31 de maio de 2021.    
 
O Sindhosp também firmou CCT, nos autos do Dissídio Coletivo Processo nº 2001.897-06.2019.5.02.0000, com o Sindicato Único dos Condutores de Ambulância do Estado de São Paulo (Sindiconam), com vigência de 1º de outubro de 2019 a 30 de setembro de 2020. A base territorial relativa ao acordo é todo o Estado de São Paulo. 

E, ainda, com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de São José do Rio Preto e Região, com vigência de 1º de maio de 2020 a 30 de abril de  2021.

As íntegras da Convenções Coletivas de Trabalho estão à disposição dos sócios e contribuintes no site do SINDHOSP, www.sindhosp.org.br ícone Jurídico/Convenções Coletivas. 

Outras postagens

grupos técnicos do sindhosp
Últimas Notícias

Conheça os Grupos e Câmeras Técnicas do SindHosp

Encontro realizado na sede o SindHosp no último dia 3 de agosto reuniu representantes de estabelecimentos de saúde contribuintes, profissionais do mercado e lideranças para

Rolar para cima