Waleska Santos recebe homenagem na Assembleia Legislativa

Em nome da Hospitalar Feira e Fórum

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Uma iniciativa da deputada Sarah Munhoz, que é enfermeira e compõe a bancada da saúde entre os deputados estaduais, culminou em uma célebre homenagem à fundadora da Feira Hospilatar, Waleska Santos. A solenidade realizou-se na manhã desta sexta-feira, 6 de junho, no auditório nobre da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. 
 
Na mesa oficial, além de Waleska e de seu marido Francisco Santos (fundador do grupo Couro Moda), estiveram a própria deputada, a diretora do SINDHOSP e da FEHOESP, Luiza Dal Ben – que também é enfermeira e dirige a Dal Ben Home Care, e a secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella.
 
Na abertura, a banda da Polícia Militar de São Paulo brindou os presentes com uma série de composições clássicas, sob os acordes de violinos e violoncelo. Vídeos de amigos e parceiros de trabalho foram mostrados ao longo da cerimônia, como o de André Médici, economista sênior do Banco Mundial, que gravou depoimento diretamente de Washington. Também o ex-ministro Alexandre Padilha mandou sua mensagem gravada, parabenizando o empreendedorismo de Waleska Santos ao idealizar a Hospitalar e torna-la um canal para que a tecnologia médica fosse uma realidade brasileira. 
 
Luiza Dal Ben, representando o presidente do SINDHOSP e da FEHOESP, Yussif Ali Mere Jr, lembrou da importância da Hospitalar enquanto aglutinadora de profissionais de saúde, que através dos fóruns promovidos durante a feira se atualizam e se reciclam. “Especialmente os enfermeiros, que compõem a maioria deste universo de profissionais da saúde”, lembrou.
 
Waleska, em seu discurso, revisitou sua origem em Pelotas, no Rio Grande do Sul, onde nasceu filha de uma família de classe média que acredita na transformação por meio da educação. “A educação formal sempre foi o bem mais cobiçado e valorizado de nossa família, sem distinção entre meninas e meninos”, afirmou. A presidente da Hospitalar ainda deixou um recado às mulheres: “ainda somos minoria nos cargos de liderança pela falta de incentivo aos estudos”, disse. 

Outras postagens

Rolar para cima