Arthur Chioro afirma que governo busca consenso para as 30 horas da enfermagem

Em coletiva de imprensa, durante Feira Hospitalar

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira, durante visita à Feira Hospitalar, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, afirmou que o governo busca exaustivamente um consenso no que diz respeito ao projeto de lei 2295, que quer instituir a jornada de 30 horas para a enfermagem. “O governo federal tem tentando construir um acordo entre os segmentos, que seja bom para o Brasil e bom para a enfermagem, acima de tudo olhando para o setor público”, afirmou, após ser questionado sobre o tema pelo presidente do SINDHOSP, Yussif Sli Mere Jr.
 
Aguardando para ir à votação, o projeto tem sido instrumento de pressão por parte das entidades representativas da enfermagem, e é objeto de extrema preocupação para o setor hospitalar e de serviços de saúde, uma vez que a mudança na jornada trará enorme impacto financeiro para os empregadores.
 
O ministro ainda elogiou a Feira Hospitalar, considerando-a um “espaço privilegiado para a busca de alternativas de melhoria dos sistemas público e privado, e para a inversão da balança comercial do setor”. 
 
Quando questionado sobre a situação da dengue na Copa do Mundo, foi enfático ao afirmar que o governo não se preocupa com o tema. “Não estamos preocupados com a dengue por conta da Copa. O Brasil enfrenta a maior redução de casos e de mortes por dengue , estamos num momento de regressão”. Ainda ressaltou que eventos como a Copa do Mundo produzem uma quantidade muito pequena de atendimentos médicos. “Não chega a 1,4% dos atendimentos, e em geral são pequenos problemas resolvidos nas próprias praças”.

Outras postagens

Rolar para cima