Litoral paulista confirma casos de dengue em 2014

Baixada Santista registra 51 casos entre confirmados e suspeitos; incidência aumenta no verão

Compartilhar artigo

Chega o verão e a preocupação com a dengue aumenta. Por conta das chuvas, ovos do aedes aegypti que estão acumulados em recipientes ou calhas há um ano podem ainda eclodir e resultar na proliferação do mosquito. Dados atualizados dos nove municípios da Região apontam 51 casos da doença até agora, entre confirmados e suspeitos. 
 
Santos, por enquanto, é a cidade que tem o maior registro de números já confirmados de dengue, com 27 casos. O período epidemiológico levado em consideração pela Prefeitura é a partir de julho, quando se inicia uma nova contagem. 
Bertioga, até agora, tem 15 casos suspeitos, que passam por análise laboratorial e aguardam a confirmação. Já a contagem do Município teve início em dezembro do ano passado. 
 
Seguindo a ordem decrescente de número de casos, em terceiro aparece Mongaguá, com mais seis pessoas que podem ter sido picadas pelo mosquito aedes aegypti. Os casos também não foram confirmados ainda, mas aguardam resultados de exames. A contagem foi feita somente entre 1º e 8 de janeiro. 
 
Com dois casos, Peruíbe já confirma a presença do mosquito da dengue no município. O ano epidemiológico também começa a partir de julho no levantamento da Secretaria de Saúde da cidade. 
 
Por fim, Guarujá confirma um caso de dengue, no entanto a Prefeitura afirma que é importado, ou seja, quando a pessoa contaminada adquiriu a doença em outro lugar e deslocou-se para a cidade. 
 
São Vicente, Praia Grande, Cubatão e Itanhaém não registraram nenhum caso da doença até agora. Também não há a confirmação de óbitos em decorrência da dengue neste novo ciclo de contagem dos municípios.  
 

Artigos Relacionados...

Curta nossa página

Siga nas mídias sociais

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

plugins premium WordPress
Rolar para cima