Novos diretores da ANS tomam posse

Mandato dos novos membros será de três anos

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Em cerimônia realizada no dia 1º de setembro, no Rio de Janeiro, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, deu posse  aos três novos diretores da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS): José Carlos de Souza Abrahão (diretor de Gestão), Martha Oliveira (diretora de Desenvolvimento Setorial) e Simone Sanches Freire (diretora de Fiscalização).
 
A mesa de autoridades contou com a presença dos demais diretores da ANS: André Longo (diretor-presidente) e Leandro Reis (diretor de Normas e Habilitação de Operadoras) e dos secretários estadual e municipal de Saúde do RJ, Marcos Musafir e Daniel Soranz, respectivamente. Participaram do evento, além de servidores e de ex-diretores do órgão regulador, representantes de órgãos governamentais e de instituições ligadas ao setor de saúde suplementar, como associações de operadoras, prestadores de serviços de saúde e órgãos de defesa do consumidor. O presidente do SINDHOSP e da FEHOESP, Yussif Ali Mere Jr, e Luiz Fernando Ferrari Neto, diretor das duas entidades, também estiveram na cerimônia de posse. 
 
O ministro da Saúde destacou a trajetória profissional dos novos integrantes da diretoria colegiada da ANS, ressaltando o histórico de Abrahão no setor de saúde e a importância da presença de duas servidoras de carreira para o aprimoramento do sistema regulatório: “Os três certamente enfrentarão grandes desafios, mas trarão uma enorme contribuição ao setor”, afirmou.
 
Chioro, que mais uma vez falou sobre a qualificação técnica dos servidores da Agência, também ressaltou a importância de uma gestão cada vez mais integrada no sistema nacional de saúde: “Existe uma agenda comum que precisa ser compartilhada entre todos os integrantes dos setores público e privado. É impossível pensar na gestão da saúde sem considerarmos a necessidade de uma agenda comum de trabalho no âmbito público e no suplementar”.
 
O diretor-presidente da ANS, André Longo, reafirmou o compromisso de exigir que o setor de saúde suplementar garanta tudo o que foi contratado pelos consumidores, com qualidade e em tempo oportuno, num ambiente que persiga cada vez mais a geração e produção de saúde. “Dou boas-vindas aos novos diretores e asseguro que a ANS está cada vez mais comprometida com o rigor técnico, a transparência e a previsibilidade tão importantes para o setor de saúde.”
 
 
Foto: Erasmo Salomão
 

Outras postagens

Rolar para cima