SindHosp discute sobre fake news no Correio Braziliense

Clique aqui para ler o artigo O conceituado jornal Correio Braziliense, de B

Compartilhar artigo

Clique aqui para ler o artigo

O conceituado jornal Correio Braziliense, de Brasília, publicou essa semana artigo do presidente do Sindicato Francisco Balestrin, intitulado "A saúde sobreviverá às fake news?”, nas versões impressa e on-line.

“Tanta informação falsa sobre saúde foi propagada que as fake news são, em realidade, notícia velha”, inicia a análise de Balestrin.

 

Acesse a publicação veiculada no Correio Braziliense

 

Falsas informações na saúde circulam há 100 anos

O artigo recorda a gripe espanhola, em 1918, época em que se iniciava a circulação de mentiras globalizadas -como as vivenciadas nesta pandemia. Naquele período, receitas milagrosas, curandeiros e afirmações ignorantes estavam sendo fortemente difundidas entre a população. Para vencer a propagação das falsas informações a ciência se expandiu e se impôs contra as mentiras disseminadas.

“Por coincidência, estamos mais uma vez imersos em uma pandemia, como se grandes crises mundiais incitassem fake news. O atraso da vez vem na forma de movimentos antivacina e da contestação a protocolos mundialmente aprovados e comprovados. Outra ciência — a história —, nos sugere que, apesar da tristeza e da adversidade atuais, em breve voltaremos a conviver em paz e harmonia com a saúde. E ela, mais uma vez, sairá fortalecida”, afirma Balestrin.

Leia completo “A saúde sobreviverá às fake news?” 

Artigos Relacionados...

Curta nossa página

Siga nas mídias sociais

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

plugins premium WordPress
Rolar para cima