SINDHOSP E FEHOESP prestigiam 43º Congresso da SBAC

Evento realizado em São Paulo apresentou debates científicos e de gestão

Compartilhar artigo

Realizado entre os dias 26 e 29 de junho no Palácio das Convenções do Anhembi, o 43° Congresso Brasileiro de Análises Clínicas reuniu mais de 2500 congressistas e profissionais do setor. O presidente da FEHOESP e do SINDHOSP, Yussif Ali Mere Jr; o vice-presidente do Sindicato e diretor da Federação, Luiz Fernando Ferrari Neto; Antonio Carlos de Carvalho, diretor das duas entidades e, ainda o presidente do IEPAS, José Carlos Barbério prestigiaram o evento. 
 
Para Jerolino Lopes de Aquino, presidente da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC), o congresso deste ano conseguiu crescer em relação ao ano passado, mesmo no período de crise que vive o BRasil. "Estou extremamente feliz com o número de participantes e com a presença de 736 donos de laboratórios. No ano anterior, a participação de 330 proprietários de laboratórios foi festejada e agora ainda mais", afirma. "Pensamos em trazer inovação, com equilíbrio entre o trabalho científico e a presença das empresas para criar e empreender." 
 
De acordo com Marcos Machado Ferreira, presidente do Congresso, os temas de discussão do evento foram pensados para atender a demanda científica e acadêmica e, ao mesmo tempo, corresponder às necessidades dos gestores e proprietários de laboratórios. "O objetivo é fornecer informações úteis para os profissionais, que enfrentam uma situação difícil há décadas", explica. "Ficamos contentes com o volume de participações, considerando o período difícil do país, em que as pessoas teriam mais dificuldade para se locomover e se hospedar."  
 
A programação do congresso incluiu palestras, mesas redondas e debates, além de encontros com especialistas. Entre os destaques, a Conferência Magna "Gerenciamento de Mudanças", apresentada pelo administrador de empresas e colunista de rádio e TV, Max Gehringer.  A gestão dos laboratórios foi outro assunto de destaque entre as discussões do evento, que contou com palestras como "Gestão laboratorial: Desafios e soluções"; "Desequilíbrio econômico-financeiro dos laboratórios na prestação de serviços públicos e privados"; "Fiscalização e qualidade no laboratório clínico: qual a diferença?" e Zika Vírus.  
 
Esses e outros temas você acompanha na cobertura do evento na edição de julho do Jornal do SINDHOSP

Artigos Relacionados...

Curta nossa página

Siga nas mídias sociais

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

plugins premium WordPress
Rolar para cima