SINDHOSP e IEPAS participam do HospitalDynamics

Pela 1º vez no Brasil, fórum mostrou o desenvolvimento tecnológico no ambiente hospitalar

Compartilhar artigo

Com o objetivo de levar aos gestores do setor hospitalar informações e tecnologias capazes de melhorar a eficácia e a competitividade das instituições de saúde, alinhando as atividades operacionais da área de tecnologia da informação (TI) com a estratégia corporativa, foi realizado, pela primeira vez no Brasil, o fórum HospitalDynamics, no dia 14 de outubro, no Maksoud Plaza, na capital paulista. 
 
Promovido pelo DCD Group, empresa sediada em Londres, na Inglaterra, que nesse ano promove o mesmo evento no México e na Colômbia, o congresso, voltado a diretores, gestores e administradores hospitalares, médicos, biomédicos, consultores e responsáveis pelos sistemas de informação e tecnologia, analisou as mais recentes implementações e desenvolvimentos de tecnologia no ambiente hospitalar, apresentando os novos modelos de gestão da saúde e aplicação de novas regras a serem cumpridas pelas gerências. “O setor hospitalar está passando por um período de profundas mudanças, entre outras coisas pela situação econômica vigente. Por este motivo, os responsáveis dos centros devem alcançar o impossível: máximo controle dos custos e otimização dos processos com os recursos disponíveis. Tudo isso ao aplicar as mais recentes tecnologias, essenciais para continuar no caminho da competitividade. O desafio, agora, é melhorar a eficácia dos centros. E para isso, os departamentos de TI devem evoluir para novos modelos e assumir um papel maior nos hospitais”, disse a coordenadora do evento no Brasil, Elinete Ribeiro.
 
O presidente do SINDHOSP e da FEHOESP, Yussif Ali Mere Jr, o diretor das duas entidades, Luiz Fernando Ferrari Neto, e o gestor do IEPAS, Marcelo Gratão participaram do fórum, que abordou os temas: prática de projeto e construção para garantir um edifício hospitalar tecnologicamente integrado, green hospital, pontos importantes para o sucesso de uma parceria público-privado, gestão de custos e resultados, como garantir a resiliência dos sistemas de missão crítica no setor hospitalar, telemedicina como chave na produtividade hospitalar, redução de riscos do administrador hospitalar com a engenharia clínica, tendência para o hospital do futuro, certificação cases de sucesso, entre outros. 
 
Também estiveram no HospitalDynamcis, o superintendente-técnico hospitalar do Hospital SÍrio-Libanês, Antonio Carlos Onofre de Lira, e o superintende executivo da Federação Brasileira de Administradores Hospitalares (FBAH), Márcio Gonçalves Moreira.
 

Artigos Relacionados...

Curta nossa página

Siga nas mídias sociais

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

plugins premium WordPress
Rolar para cima