Fernanda Freire

soluções em saúde

Qual a solução em saúde que o seu negócio precisa?

Independente do segmento, a gestão de serviços de saúde exige, além de estratégia, soluções de A à Z.

Os profissionais dessa área têm um dilema em comum, precisam de “mais poder para resolver, mais tempo para cuidar“.

Nesta semana, em 6 de outubro, o SindHosp se une à Healthcare Alliance para apoiar um importante bate-papo sobre caminhos que podem ultrapassar essas barreiras.

Verdadeiramente, uma imersão no centro desse desafio diário para os gestores de saúde, a partir de quando as questões se apresentam: já no primeiro horário do dia, no café da manhã.

O evento se propõe, portanto, a partir das 8h30, reunir empresas e profissionais gabaritados em sanar demandas do setor, acompanhados de uma xícara de café e diversas oportunidades para promover soluções em saúde.

Em modelo híbrido, a Healthcare já abriu as inscrições gratuitas para participação on-line ou presencial, na sede da instituição.

Ao final da manhã de diálogos, os participantes estarão mais preparados para implementar procedimentos que guiarão direções inteligentes para enfrentar os obstáculos nas instituições.

Saiba quem apresenta as soluções em saúde

A Healthcare dividiu o conteúdo em três etapas de apresentação, a fim de facilitar a absorção do assunto.

Lideram o bate-papo Leandro de Souza Neto, diretor da Proxion Solutions; Daennye Oliveira, diretora da Unidade de Negócio da MV e Rodrigo Serafim, channel sales manager na Zebra Technologies.

Os participantes ainda poderão interagir com perguntas e comentários, a partir da mediação de Ana Cristina Nobrega, gerente de canais e parcerias da Healthcare.

Dessa forma, além de novas competências, o público estará em contato com produtos e serviços de soluções em saúde.

O SindHosp estará presente e espera encontrar todos os representados no evento.

Para acompanhar os próximos encontros da Saúde, convenções coletivas firmadas pelo sindicato e outros conteúdos, visite a aba ‘Notícias‘ e nossas redes sociais.

Desconto exclusivo no evento Global Summit, digita o código para resgatar seu cupom

Desconto exclusivo: resgate cupom de 20% OFF para o Global Summit

Na primeira semana de outubro, do dia 4 ao 6, a Telemedicina e a Saúde Digital são o foco do grande evento Global Summit.

O SindHosp, como apoiador institucional desse importante encontro, apresenta uma condição especial para participação dos representados.

Para ter acesso ao desconto diferenciado, o cupom SINDHOSPGS22 deve ser inserido no momento da inscrição no evento.

O Global Summit é uma realização da Associação Paulista de Medicina (APM) em parceria com o Transamerica Expo Center

SindHosp integra programação do Global Summit

A Proposta Saúde São Paulo 2022 é o fio condutor no painel Saúde Digital que o SindHosp apresenta no primeiro dia do evento (04/10).

Dirceu Barbano, diretor científico do SindHosp, ministrará a apresentação das 16h às 17h.

O conteúdo tem como objetivo dialogar sobre a iniciativa que visa estabelecer uma agenda positiva para a futura gestão do Estado de São Paulo.

100 lideranças do setor participaram do compilado, que teve como resultado 10 propostas práticas de ações.

Portanto, nesse painel toda a categoria poderá conhecer com mais detalhes a relação da iniciativa com a Saúde Digital.

O SindHosp acredita que encontros como esse são importantes para fortalecer o relacionamento com a categoria.

Por isso, espera rever todos os representados em mais esta oportunidade.

Acompanhe as próximas notícias do evento e a cobertura completa em nossas redes.

Doação de órgãos

Hospital Estadual Mário Covas: um case na captação de órgãos

O SindHosp está apoiando a mobilização nacional Setembro Verde, uma campanha que incentiva a doação de órgãos por todo País.

Para falar sobre o assunto, convidou o Hospital Estadual Mário Covas, de Santo André.

De fato, a instituição é um de seus contribuintes que tem apresentado grandes resultados com a captação de órgãos.

A princípio, o Hospital realiza esse trabalho com o apoio da Organização de Procura de Órgãos (OPO) do Instituto Dante Pazzanese desde 2016.

Em média, o Hospital destina 68 órgãos doados por ano em protocolos de morte encefálica e captação geral.

O principal resultado desse trabalho impacta diretamente na fila de transplante.

Diminuindo, assim, a espera de centenas de pessoas que aguardam por um novo órgão para viver mais e melhor.

Segundo o gerente de Qualidade e Processos do Hospital, Rodrigo Brolo, a instituição já auxiliou 345 pacientes a deixarem a fila de transplante nos últimos quatro anos.

As principais doações são de córneas, rins e fígado. Os dois últimos, vitais para o corpo humano.

Hospital é premiado pelo trabalho

Nesse mês em que o País concentra centenas de iniciativas para a conscientização da importância da doação de órgãos, o Hospital Estadual Mário Covas foi premiado por esse contínuo trabalho.

O Hospital é uma das 10 instituições do Estado que mais notificam as ocorrências de morte encefálica.

Essa prática é fundamental para o protocolo que envolve a retirada e transplante de órgãos.

A premiação ‘Amigo do Transplante 2022’ foi entregue por Jean Gorinchteyn, secretário estadual de Saúde de São Paulo.

Da esquerda para a direita, receberam a premiação o diretor técnico do Hospital, Alexandre Cruz Henriques; o diretor geral, Adilson Cavalcante e a enfermeira, Simone Contardi Barros

O prêmio é uma conquista do Hospital pela segunda vez.

O SindHosp parabeniza todos os profissionais que se dedicam na missão de contribuir para a continuidade da vida.

Passo a passo da captação de órgãos no Hospital

Para garantir uma estrutura adequada, o Hospital formou uma Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT), composta por profissionais multidisciplinares.

O grupo realiza a avaliação do potencial doador desde o momento da suspensão dos sedativos.

Em seguida, confere o histórico do prontuário do paciente e encaminha todas as informações necessárias para a OPO Dante Pazzanese.

Se o caso for aceito como positivo, é ofertado para a lista de espera de transplantes.

Depois, o Instituto encaminha o órgão para os exames clínicos.

Em paralelo, a enfermeira da CIHDOTT acompanha os testes realizados pelos médicos, até que o protocolo seja realizado.

Com a aprovação dessa fase, os familiares são entrevistados pelos profissionais da Comissão Intra Hospitalar, a fim de explicar todas as etapas do processo.

“Conversamos com a família sempre com muito acolhimento, esclarecendo dúvidas com a presença da equipe médica até a decisão pela doação”, explica o gerente de Qualidade e Processos, Rodrigo Brolo.

Na perspectiva dos colaboradores do Hospital, a doação de órgãos é uma escolha que salva vidas.

Por isso, os profissionais se empenham em identificar possíveis doadores e reconhecem, na prática, a importância desse solidário gesto.

Outras iniciativas pela vida e as últimas atualizações sobre o setor da Saúde, você encontra na aba ‘Notícias‘ e nas redes sociais do SindHosp.

Lei que estabelece o piso salarial para a Enfermagem foi suspensa pelo ministro Barroso

Barroso suspende piso da enfermagem e determina prazo para explicações

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu há pouco o piso salarial nacional da enfermagem.

Barroso deu prazo de 60 dias para entes públicos e privados da área da saúde esclarecerem o impacto financeiro, os riscos para empregabilidade no setor e eventual redução na qualidade dos serviços.

A decisão não analisa a legalidade da criação do novo piso da enfermagem. O ministro inclusive ressalta a importância de valorizar essa categoria profissional.

No entanto, o objetivo é um freio de arrumação, com tempo pré-definido para encontrar uma solução de aterrissagem definitiva.

Diante do risco de demissões e falta de leitos, o relator do tema no STF considerou mais adequado estabelecer, via liminar, para entender os efeitos sistêmicos da mudança legal, antes da entrada em vigor.

A decisão será levada ao plenário virtual nos próximos dias, para os demais Ministros proferirem seus votos, podendo manter a decisão do Relator ou cassar a liminar.

Caso a decisão do Ministro Relator seja mantida pela maioria dos demais Ministros, ao final dos 60 dias, Barroso deverá reavaliar o caso.

Serão intimados a prestar informações no prazo de 60 dias sobre o impacto financeiro da norma os 26 estados e o Distrito Federal, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e o Ministério da Economia.

Já o Ministério do Trabalho e a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS) terão que informar detalhadamente sobre os riscos de demissões.

Por fim, o Ministério da Saúde, conselhos da área da saúde e a Federação Brasileira de Hospitais (FBH) precisarão esclarecer sobre o alegado risco de fechamento de leitos e redução nos quadros de enfermeiros e técnicos.

Cenário após decisão do ministro sobre o piso da enfermagem

A decisão suspende os efeitos da lei até que algumas explicações sejam feitas, no prazo de 60 dias.

No entanto, após esse prazo, a cautelar continuará vigente até que o Ministro possa apreciar os pontos apresentados.

Ou seja: a lei não ficará suspensa apenas por 60 dias, mas sim até o ministro analisar todos os pontos suscitados.

O SindHosp segue acompanhando os desdobramentos do piso salarial nacional da enfermagem.

Esteja sempre atualizado sobre as últimas publicações na guia ‘Notícias‘.

Evento promovido pelo SindHosp discute adicional de periculosidade e o novo entendimento dos tribunais nesta segunda-feira, 29 de agosto

Evento discute adicional de periculosidade e o novo entendimento dos tribunais

Engenheiros e técnicos de segurança do trabalho, advogados, recursos humanos e profissionais da manutenção são o público-alvo do evento que o SindHosp realiza no dia 29 de agosto, para abordar o tema adicional de periculosidade.

Três palestrantes se dividem na abordagem prática do conteúdo.

Embora o assunto central seja o adicional de periculosidade, o evento também apresenta como subtemas:

  • Cases de autuações e perícias em Hospital de grande porte;
  • A instalação adequada de geradores segundo regras e conceitos técnicos;
  • O novo posicionamento dos Tribunais quanto às condenações ao adicional de periculosidade para geradores em edifícios.

O webinar será realizado em modalidade 100% on-line e terá duração de 1h30, a partir das 15h.

Com inscrições gratuitas, os três palestrantes ainda esclarecerão dúvidas ao vivo do público.

Realizado mensalmente, o evento integra a agenda da Jornada de Segurança e Saúde Ocupacional, promovida pelo SindHosp em parceria com os principais profissionais e empresas do segmento.

Dessa forma, a cada mês a categoria se mantém atualizada sobre as últimas tendências, normativas e debates da área.

Mesmo sendo transmitidos ao vivo, os eventos anteriores da Jornada ficam gravados no YouTube do SindHosp.

Assim, ao entrar no canal selecione o tema de seu interesse e se atualize gratuitamente.

Confira a programação dos próximos encontros promovidos pelo SindHosp, as convenções coletivas firmadas e outras pautas sobre a Saúde na guia ‘Notícias‘.

Acontece nessa quinta-feira um debate gratuito sobre o uso de algoritmos no setor da Saúde, promovido pela Healthcare Alliance

Parceira do SindHosp, Healthcare Alliance debate nesta quinta-feira sobre uso de algoritmos na Saúde

A plataforma Healthcare Alliance é uma das empresas parceiras do SindHosp e promove, nesta quinta-feira (25/08), um debate gratuito sobre o uso de algoritmos na Saúde.

Quatro palestrantes participam das discussões, que estão baseadas no artigo clínico ”Using Machine Learning to Reduce Burden on Infection Control Staff”.

Os participantes do evento recebem o artigo na íntegra, logo após confirmar sua inscrição.

O debate realizado pela Healthcare Alliance promete reunir novas perspectivas sobre o futuro dos algoritmos na Saúde.

Assim, o público terá o desenho de um completo panorama, tanto do ponto de vista de conquistas, como desafios.

Grandes nomes do mercado já confirmaram participação no evento, que acontece em modalidade on-line e presencial.

O público que escolher por participar presencialmente deve chegar a partir das 13h30, na sede da Healthcare, localizada no bairro Bela Vista, em São Paulo.

Já os participantes que optarem por assistir ao debate on-line, receberão um link para acompanhar a transmissão pelo Zoom, que inicia às 14h30.

Nas duas modalidades é necessário fazer uma inscrição prévia, pela página do evento.

O SindHosp acredita que o amplo debate sobre o tema se faz importante, uma vez que os algoritmos têm sido grandes aliados para decisões assertivas.

Saiba mais sobre as atualizações do setor, próximos eventos e as convenções coletivas firmadas pelo SindHosp na aba ‘Notícias‘.

SindHosp apoia campanha da ABCDT para fortalecer a luta da Diálise no Brasil

Diálise: o que falta para o Brasil avançar?

A Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante (ABCDT) realiza pelo quinto ano consecutivo a Campanha Vidas Importam – A Diálise Não Pode Parar 2022 e o SindHosp está apoiando a iniciativa.

O tema da campanha deste ano é “Eu voto pela vida. Mais valor para a diálise!” E o ‘Dia D’ será celebrado em 25 de agosto.

O SindHosp convida toda a categoria para integrar essa mobilização.

Em segundos, é possível expressar apoio e engrandecer essa luta. Além de apoiar ações presenciais organizadas por Associações, também é importante compartilhar publicações nas redes sociais com a #ADialiseNaoPodeParar.

O engajamento nas redes é importante para fortalecer o diálogo entre instituições, pacientes e órgãos públicos. Por isso, a Associação conta com o apoio da categoria principalmente no dia 25 de agosto, das 9h às 12h, com postagens acompanhadas da hashtag.

Com amplitude nacional, a ABCDT está liderando uma série de ações para alertar o país sobre a crise.

As iniciativas visam propor soluções no âmbito federal, estadual e municipal visando desenvolver a qualidade assistencial.

Um desafio ainda maior na pandemia

Entre 2018 e 2022 a inflação da Saúde reduziu drasticamente o poder de compra das clínicas, afinal, o aumento nos preços dos insumos impactou diretamente o teto de gastos das instituições.

Nesse ano, mais um desafio: a falta de soro fisiológico no País, item essencial para o tratamento e escasso em 2022.

Assim, ao final dessa conta, o paciente acaba sendo o alvo mais prejudicado.

A ABCDT analisa que a queda na capacidade de aquisição de insumo das clínicas de diálise tem como principal efeito a correção monetária.

 “A inflação ao longo desses quatro anos corroeu o poder de compra e acentuou os problemas do setor que hoje ameaçam o tratamento de pelo menos 144 mil brasileiros”, denuncia a Associação.

Desse modo, a ABCDT defende uma remuneração adequada para esse tratamento de alta complexidade.

Proposições da ABCDT

  • Reajuste da Tabela SUS da Diálise em 2023 em 32,07%;
  • Mais Estados da Federação fazendo o cofinanciamento local da diálise (hoje apenas RJ, SC e MS).

Dessa forma, a ABCDT espera colocar um ponto final no gargalo da inflação de produtos, na remuneração insuficiente e em virtude da pandemia, nos custos adicionais da covid-19.

Acompanhe mais iniciativas em prol da Saúde, próximos eventos, convenções coletivas firmadas e outras pautas na aba ‘Notícias’, em nosso site.

Lei da Enfermagem aguarda julgamento da ADI e SindHosp orienta serviços de saúde sobre o tema

Lei da Enfermagem: confira quais são as principais orientações do SindHosp

O Departamento Jurídico do SindHosp tem acompanhado os desdobramentos da Lei da Enfermagem e divulga aos seus representados orientações até que Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) seja julgada.

Se após a leitura você ainda tiver dúvidas, entre em contato com nosso CANAL DE DÚVIDAS pelo e-mail: duvidaspisoenfermagem@sindhosp.org.br

O documento do SindHosp esclarece a categoria diferentes questões sobre a Lei 14.434/2022.

Dúvidas como jornada de trabalho e folha de pagamento são respondidos no informativo.

Na última semana, o SindHosp participou de uma reunião com entidades representativas da saúde de todo país, promovida pela Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde), órgão em que o SindHosp e a Fehoesp são filiados.

Acompanhe também quais são as diretrizes indicadas pela CNSaúde ao setor.

O SindHosp também reuniu seus representados em duas ocasiões, dias 11 e 22 de agosto, em webinares que contaram com a participação de representantes da CNSaúde. Em ambas as ocasiões foi relatado o andamento da ADIN, expectativas e respondidas dúvidas dos participantes.

SindHosp adere como “Amicus Curiae” na Ação Direta de Inconstitucionalidade no STF contra a Lei 14.434/2022, que estabelece o piso da enfermagem. Acesse aqui. 

Monkeypox é tema de evento realizado pelo SindHosp e a Abramed no dia 31 de agosto

Monkeypox é tema de webinar inédito do SindHosp e Abramed

Esclarecer questões sobre o diagnóstico laboratorial e aspectos clínicos do monkeypox é o objetivo do webinar promovido pelo SindHosp e a Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed). Com inscrições gratuitas, o evento será realizado no dia 31 de agosto.

O tema do webinar dialoga com profissionais da linha de frente para esclarecer ao vivo dúvidas sobre o monkeypox.

Com conteúdo dinâmico e atualizado, o evento on-line terá duração de uma hora, das 18h às 19h.

Dois palestrantes se dividirão para a apresentação do webinar.

Para a temática de aspectos clínicos – epidemiológicos, está confirmado a participação de Eduardo Medeiros, professor na Universidade Federal de S. Paulo e coordenador científico da Sociedade Paulista de Infectologia.

Já para abordar os pilares do diagnóstico laboratorial, conduz a discussão Carolina dos Santos Lázari, médica assessora para análises clínicas em Infectologia do Grupo Fleury.

A mediação do diálogo conta com Wilson Shcolnik, presidente da Abramed e ex presidente da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial.

A Associação Paulista de Medicina apoia o webinar e se une ao SindHosp e a Abramed para fortalecer a divulgação de informações sobre o monkeypox nesse momento de escalada de casos.

De acordo com o último boletim do Our World in Data, da Universidade de Oxford (Reino Unido), publicado no dia 16 de agosto, o Brasil reúne 3.184 casos confirmados.

Boletim do Our World In Data, da Universidade de Oxford, registra 3.184 casos confirmados no Brasil

Por isso, a participação do setor se faz cada dia mais importante para acelerar a identificação dos casos e consequentemente, o combate às fake news.

Na aba ‘Notícias‘ divulgamos os próximos eventos, as convenções coletivas firmadas e outras pautas da Saúde com o propósito de manter nossos representados informados.

Os contribuintes do SindHosp têm desconto exclusivo para o FILIS

FILIS 2022: desconto exclusivo para contribuintes

Acontece na próxima semana, no dia 24 de agosto, a 6ª edição do FILIS, evento tradicional entre os gestores e especialistas da Saúde promovido pela Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed).

Os contribuintes em dia com o SindHosp e a Fehoesp têm desconto especial para participar do evento.

Para resgatar o seu cupom, envie um e-mail para contato@sindhosp.org.br e informe o CNPJ do seu estabelecimento de Saúde.

Nesta 6ª edição, o Fórum Internacional de Lideranças da Saúde (FILIS) aponta como tema central das discussões a medicina diagnóstica na disrupção da saúde.

Programação do FILIS já está disponível

8 horas de conteúdo estão divididos entre 3 debates e 2 palestas, que contam com participações internacionais.

No total, 15 palestrantes já confirmaram presença na agenda do evento.

Renomados profissionais como Sidney Klajner, representando a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein; Romeu Domingues, da Dasa; Paulo Rebello, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), entre outros, integram a programação do 6º FILIS.

O SindHosp e a Fehoesp como apoiadores institucionais do evento convidam toda a categoria para participar desse grande encontro.

Para mais informações sobre o setor da Saúde, convenções coletivas e próximos eventos, acesse a guia ‘Notícias‘.

Rolar para cima