cirurgias eletivas

Prazo para adesão ao mutirão das cirurgias, do Governo de SP, vai até 20 de junho

Em 14 de junho, o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Saúde, Eduardo Ribeiro, participou de um plantão de dúvidas on-line sobre o mutirão das cirurgias, iniciativa do Governo de SP que objetiva zerar a fila de cerca de 540 mil pacientes que aguardam por procedimentos.

Dezenas de hospitais privados representados pelo SindHosp, localizados em todos os 17 Departamentos Regionais de Saúde (DRS), participaram do encontro. 

Na ocasião, Ribeiro anunciou que o prazo para adesão dos estabelecimentos interessados em aderir ao projeto foi prorrogado para 20 de junho (até então a data limite era 16/06).

 “O SindHosp apoia a iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde por entender a importância disso para a população e por acreditar que é mais um passo no sentido de aproximar os serviços privados das ações e políticas públicas de saúde”, enfatizou na abertura o CEO do SindHosp, Ricardo Bachert.

Ribeiro agradeceu a mobilização do SindHosp e lembrou que a meta do Governo do Estado é proporcionar, justamente com o apoio dos hospitais privados, o fim da espera por cirurgias eletivas até o próximo mês de outubro.

Os que aderirem ao Mutirão das Cirurgias receberão o dobro pago pela Tabela SUS, além de recursos para avaliações e exames pré-operatórios. 

O mutirão está direcionado para 54 tipos de cirurgias eletivas em sete grandes especialidades. O início dos atendimentos está previsto para o mês de julho.

A fila das cirurgias eletivas teve seu agravamento principalmente nos períodos mais críticos da pandemia, quando centenas de procedimentos foram represados na rede estadual em decorrência da Emergência de Saúde Pública de Interesse Nacional declarada pelo Ministério da Saúde.

O secretário ajunto afirmou, durante o plantão de dúvidas, que o conjunto de documentos exigidos pelos hospitais para adesão ao mutirão, bem como a lista de procedimentos e seus respectivos valores, podem ser obtidos na Resolução SS 69. Acesse a íntegra aqui.

Mutirão das Cirurgias Eletivas em São Paulo

SP paga o dobro para serviço privado apoiar cirurgias eletivas no Estado: Cadastre sua empresa

Está aberto até 16 de junho o chamamento público que tem o objetivo de zerar a fila de 540 mil pessoas que aguardam por cirurgias eletivas. A meta do Governo do Estado é proporcionar, com o apoio do serviço privado, o fim da espera por procedimentos para quase meio milhão de cidadãos até o mês de outubro deste ano.  Os serviços privados que aderirem ao Mutirão das Cirurgias receberão o dobro pago pela Tabela SUS, além de recursos para avaliações e exames pré-operatórios.

No total, serão realizados 54 tipos de cirurgias eletivas em sete grandes especialidades, que iniciarão as suas atividades a partir do mês de julho.

Para se cadastrar no chamamento, os interessados devem entregar as propostas nos DRSs (Departamentos Regionais de Saúde). Já os documentos para a habilitação e informações podem ser acessados pelo site www.saude.sp.gov.br.

Plantão de dúvidas

Em 14 de junho, a partir das 14h, haverá um plantão de dúvidas online sobre o Mutirão das Cirurgias, com o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Saúde, Eduardo Ribeiro.

Na data, o secretário esclarecerá as dúvidas enviadas ao vivo pelas instituições que desejam aderir ao chamamento.

Participe via zoom:

ID da reunião: 828 0102 8337

Senha de acesso: 683297

A fila das cirurgias eletivas teve seu agravamento principalmente nos períodos mais críticos da pandemia, quando centenas de procedimentos foram represados na rede estadual em decorrência da Emergência de Saúde Pública de Interesse Nacional declarada pelo Ministério da Saúde.

O SindHosp apoia esta iniciativa do Governo. A adesão dos representados neste movimento é mais uma oportunidade para a iniciativa privada mostrar ao poder público sua importância dentro do sistema de saúde e como pode colaborar na resolução das deficiências do SUS, ainda mais nesse momento pré-eleitoral, no qual se discute com mais frequência as parcerias entre público e privado.

Acesse a íntegra da Resolução SS-52, que dispõe sobre o Mutirão de cirurgias eletivas e, para conhecer os valores e todos os procedimentos que integram o Mutirão, leia a Resolução SS-55.

Continue acompanhando mais notícias sobre o ecossistema da saúde na aba ‘Notícias

plugins premium WordPress
Scroll to Top